Concurso Correios 2024: Tudo o que você precisa saber!

Os Correios anunciaram um concurso público para preencher 3,2 mil vagas, principalmente para carteiros, além de lançar um Programa de Desligamento Voluntário (PDV) para seus funcionários. O edital do concurso será publicado em setembro e as novas contratações estão previstas para dezembro.
Publicado em Brasil dia 3/07/2024 por Alan Corrêa
Concurso Correios 2024: Tudo o que você precisa saber!

Os Correios anunciaram um concurso público para preencher 3,2 mil vagas, com foco principal na contratação de carteiros. Esta é a primeira vez desde 2011 que a empresa realiza um concurso público. Segundo o presidente da empresa, Fabiano Silva dos Santos, há uma defasagem de 4 mil a 5 mil cargos, e este concurso visa suprir essa necessidade. As vagas serão distribuídas para cobrir todos os municípios do país.

O edital do concurso será publicado em setembro, e a expectativa é que os novos contratados comecem a trabalhar em dezembro deste ano. Além das vagas para carteiros, o concurso também incluirá oportunidades para cargos de nível superior, como advogados, arquitetos e engenheiros. A empresa espera que essa medida fortaleça os pontos de entrega e melhore a eficiência dos serviços prestados.

Os Correios anunciaram um concurso público para preencher 3,2 mil vagas, principalmente para carteiros, visando suprir uma defasagem de até 5 mil cargos. O edital será publicado em setembro - Foto: Joédson Alves/Agência Brasil
Os Correios anunciaram um concurso público para preencher 3,2 mil vagas, principalmente para carteiros, visando suprir uma defasagem de até 5 mil cargos. O edital será publicado em setembro – Foto: Joédson Alves/Agência Brasil

Além do concurso público, os Correios também anunciaram a implementação de um Programa de Desligamento Voluntário (PDV). De acordo com Fabiano Silva dos Santos, o PDV é uma demanda dos próprios servidores da estatal, muitos dos quais estão há bastante tempo na empresa. O programa ainda precisa ser aprovado pela Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (SEST).

Para serem elegíveis ao PDV, os funcionários devem cumprir alguns requisitos: ter entre 55 e 75 anos de idade, um tempo de serviço mínimo de 25 anos nos Correios e pelo menos 36 meses de remuneração nos últimos 60 meses. O objetivo do PDV é permitir uma saída voluntária e organizada dos funcionários que desejam se desligar da empresa.

O anúncio dessas duas iniciativas – o concurso público e o PDV – é um passo importante para os Correios. A empresa busca equilibrar a necessidade de renovar seu quadro de funcionários e melhorar a eficiência operacional. As novas contratações são vistas como uma forma de garantir a continuidade e a qualidade dos serviços, enquanto o PDV oferece uma opção para aqueles que desejam se desligar da empresa de forma voluntária.

Os Correios têm enfrentado desafios significativos nos últimos anos, incluindo a necessidade de modernização e a adaptação às novas demandas do mercado. A realização de um concurso público e a implementação do PDV são estratégias para enfrentar esses desafios, garantindo que a empresa continue a atender às necessidades dos seus clientes de maneira eficiente.

Essas medidas marcam um momento significativo para a empresa, que não realizava concursos há mais de uma década. A expectativa é que essas mudanças tragam resultados positivos tanto para os funcionários quanto para os usuários dos serviços dos Correios.

Fonte: AgênciaBrasil.