Porque o Citroën C3 e barato? Problemas na Revisão dos 20.000 km

A revisão dos 20.000 km do Citroën C3 incluiu seis correções e substituição de peças. Realizada na Citroën Le Mans, envolveu verificações e trocas de componentes como faróis, software do motor, coifa do câmbio, fechadura do porta-malas e telecomando da chave. Problemas adicionais, como zumbido nos freios e travamentos na central multimídia, foram ajustados. Houve substituição de uma peça original por uma paralela, gerando preocupações sobre a integridade do serviço.
Publicado em Carros dia 31/05/2024 por Alan Corrêa

A revisão dos 20.000 km do Citroën C3 revelou a necessidade de seis correções, além de um incidente envolvendo a substituição de uma peça original por uma paralela. O serviço foi realizado na concessionária Citroën Le Mans, localizada na Vila Prudente, em São Paulo. O agendamento do atendimento ocorreu logo cedo, permitindo que o processo iniciasse de maneira eficiente.

Promoção Citroën: C3 e C4 Cactus com Ofertas Imperdíveis. (Foto: Citroen)
Promoção Citroën: C3 e C4 Cactus com Ofertas Imperdíveis. (Foto: Citroen)

Ao iniciar a ordem de serviço, o consultor identificou cinco campanhas de correção recomendadas pela fábrica. As campanhas incluíam a verificação dos faróis, atualização do software do motor, inspeção da coifa do câmbio, troca da fechadura do porta-malas e verificação do telecomando da chave. Não havia nenhum recall oficial pendente para o modelo, mas as campanhas foram necessárias para corrigir defeitos que não comprometem a segurança do veículo.

Problemas na Revisão dos 20.000 km do Citroën C3: Veja Relatório Simplificado. (Foto: Citroen)
Problemas na Revisão dos 20.000 km do Citroën C3: Veja Relatório Simplificado. (Foto: Citroen)

Durante a revisão, foram realizados os serviços de rotina, como a troca de óleo e filtro, substituição dos filtros do motor e do ar-condicionado, além da adição de aditivo no limpador. Foram solicitados também alinhamento, balanceamento e rodízio dos pneus, com um custo total de R$ 1.000 após arredondamento. A limpeza do ar-condicionado e o kit de lubrificação foram recusados pelo proprietário.

Alguns problemas adicionais foram detectados durante a revisão. Houve um zumbido no freio traseiro e travamentos na central multimídia, que foram corrigidos. No entanto, a concessionária substituiu o filtro de óleo original por um da marca Wega, mantendo o mesmo custo, e houve uma tentativa de engano com a entrega de uma caixa de peça original PSA que não correspondia ao filtro instalado.

Dois dias após a revisão, a concessionária solicitou que o veículo retornasse para uma atualização no chicote elétrico do motor, que não havia sido indicada inicialmente na ordem de serviço. O serviço foi realizado no mesmo dia, sem necessidade de troca do chicote, demonstrando a diligência da concessionária em seguir as orientações da fábrica.

Carro Mais Barato do Brasil com Promoção Especial. (Foto: Citroen)
Carro Mais Barato do Brasil com Promoção Especial. (Foto: Citroen)

Após as correções, observou-se uma melhora no funcionamento do motor e no fechamento do porta-malas. Entretanto, a vibração dos faróis e o ruído nos freios traseiros voltaram a ocorrer, indicando que algumas questões ainda precisam ser resolvidas em futuras manutenções.

O caso do Citroën C3 evidencia a importância de um atendimento criterioso nas revisões periódicas. A substituição de peças originais por alternativas paralelas levanta questões sobre a integridade do serviço prestado. A experiência demonstra a necessidade de acompanhamento contínuo para garantir o bom desempenho e a segurança do veículo.

*Com informações de Citroen e QuatroRodas.